Category

Roteiro

Category

Roteiro de dois dias em Amsterdã

Dois dias em Amsterdã pode parecer pouco e confesso que fiquei um pouco desesperada quando vi que minha primeira vez na cidade seria tão rapidinha. Mas planejamos direitinho e deu para fazer quase tudo o que queria. O que faltou fazer foi menos por falta de tempo e mais por falta de antecedência.

Explico: minha viagem para Amsterdã foi decidida super de última hora! A Andressa aproveitou suas férias para vir me visitar em Portugal e depois visitar outra amiga nossa, na Holanda. Resolvi aproveitar o embalo e ir também! E, por ser uma viagem de férias, diferente da volta ao mundo, não tínhamos muito tempo. Então tivemos que fazer esse roteiro compacto para curtir ao máximo nossos dois dias em Amsterdã.

roteiro dois dias em amsterdã

Para minha felicidade, conseguimos conhecer bastante coisa! Então, se sua passagem por lá também será curta, confira esse roteirinho. Aposto que você vai gostar! E depois comente aqui o que achou 🙂

Dois dias em Amsterdã:

Primeiro dia

Gosto de começar a conhecer uma cidade fazendo um free walking tour. Se você já estiver em Amsterdã desde o outro dia a noite ou se chegou cedinho, pode conseguir aproveitar a manhã do primeiro dia para esse tour.

Existem várias empresas que fazem free walking tour em Amsterdã e o tour clássico de quase todas começa na Dam Square. Infelizmente eu não curti tanto o meu tour, acho que não dei sorte com o guia. A impressão que eu e que minha amiga tivemos é que ele não curte muito turistas.

Mas isso foi a nossa experiência com esse guia específico. O tour tem muitos reviews positivos, por isso até que escolhi fazer com essa empresa. Então, você pode se cadastrar e ter a sorte de fazer com outro guia (por esse link) ou tentar com outra empresa também.

Depois do almoço, continue na região da Dam Square para conhecer o Palácio Real e o Nieuwe Kerk. Pode também conhecer o Madame Tussauds de Amsterdã, se gostar do estilo.

Em seguida, visite um dos lugares mais famosos de Amsterdã: o Red Light District. Você pode voltar ali à noite, se preferir. Como eu e minha amiga não sabíamos exatamente o que iríamos encontrar, achamos melhor conhecer durante o dia. Não sei dizer o que é melhor de fato. Por um lado, me parece mais estranho esse tipo de exposição acontecendo em plena luz do dia. Mas acredito que a noite a quantidade de moças nas portas e janelas seja ainda maior, o que pode ser ainda mais estranho. Não que eu tenha muito pudor sobre a sexualidade, mas me pergunto até que ponto aquelas moças estão ali porque realmente escolheram essa profissão ou se elas trocariam por outra carreira, se tivessem a oportunidade.

Depois, siga para a Nieuwmarkt, uma praça com um prédio no meio chamado Waag, que originalmente era um dos portões medievais quando a cidade era murada. Essa praça teve um período sombrio na Segunda Guerra. Conta a história de que ela era usada pelos nazistas pra reunir judeus que seriam enviados a campos de concentração.

roteiro dois dias em amsterdã

Dali, caminhe para a Basílica São Nicolau e feche o dia visitando o museu de ciências NEMO. Esse museu é cheio de atrações e peças interativas para despertar a curiosidade das crianças. Mas mesmo se não tiver em clima de museu, vale a pena ir ao NEMO. O formato do museu é de um navio afundando, e em seu rooftop temos uma vista linda – e gratuita – de Amsterdã. No verão, funciona como uma espécie de praça, com fontes e pequenas piscinas para as crianças brincarem.

 

Segundo dia

No segundo dia, acordamos cedinho para ir direto para a praça Museumplein, onde ficava o famoso letreiro “IAMSTERDAM”. Nós chegamos lá às 08:00 da manhã – depois de uma hora de caminhada desde o hostel – e pegamos o lugar vazio. Conseguimos tirar as fotos que queríamos sem aparecer quase mais ninguém.

O letreiro foi retirado no final de 2018, mas isso não significa que você deva excluir a praça do seu roteiro. Além de ser bem charmosa, é também nessa área que ficam os três principais museus da cidade: Van Gogh Musuem, Stedelijk Museum e o Rijksmuseum.

Como não daria tempo de visitar todos, optamos pelo Van Gogh e compramos nossos ingressos com antecedência pelo site. Assim, já agendamos o horário para fazer a visita logo após a sessão de fotos no letreiro. Você pode aproveitar esse “tempo a mais” sem o letreiro para visitar outro dos museus, ou antecipar as outras coisas.

roteiro dois dias em amsterdã

Saindo do museu, a fome já estava batendo, então resolvemos fazer um piquenique.

No canto oposto da Museumplein, na frente do Stedelijk, tem um supermercado subterrâneo (Albert Heijn). Se gostou da ideia, você pode comprar um lanche gostoso no supermercado e seguir para o Vondelpark para fazer o piquenique por lá. Esse é o parque mais famoso da cidade. Essa era a nossa ideia inicial, mas acabamos mudando um pouquinho os planos. Passamos na Domino’s Pizza que tem ali perto, para comprar uma coisa que sabíamos que iria nos sustentar para o resto do dia.

Depois de lanchar e descansar, passe pela praça Leidseplein enquanto caminha em direção ao Bloemenmarkt. Esse é o famoso mercado de tulipas e flores na beira de um dos canais da cidade.

Deixando o mercado, siga pelas ruelas e canais para chegar no bairro Jordan. Esse é um bairro gostoso para se perder nas ruelas. Você pode, ainda, subir na torre da igreja de Westerkerk para uma linda vista da cidade.

No fim do dia, aproveitamos para conhecer uma das famosas coffee shops de Amsterdã.

 

O que mais fazer em Amsterdã

Não imaginava que iria para Amsterdã pela primeira vez e não conheceria a Casa da Anne Frank. O livro-diário dela foi uma das coisas mais marcantes da minha adolescência. Mas quando decidimos a viagem, não havia mais horário disponível para nenhum dos dias que estaríamos lá. Os horários esgotam com muuuita antecedência, já que são pequenos grupos que fazem a visita por vez. Então, fica a dica: decidindo sua viagem para Amsterdã, já olhe o ingresso para não ficar sem.

Também queríamos ter feito a Heineken Experience, mas nos faltou tempo. Para quem curte cerveja, pode valer a pena mudar um pouco o roteiro, para conseguir fazer esse passeio. As vezes basta condensar um pouco as coisas ou, se tiver tempo, ficar um dia a mais em Amsterdã.

Como o post estava ficando muito grande, as dicas de onde hospedar em Amsterdã e como se locomover pela cidade ficaram para o próximo. Não perca!