Depois de apenas dois dias em Cancún, em que passeamos por algumas praias da cidade e nos apaixonamos pelo mar de Isla Mujeres, estávamos ansiosos para curtir ainda mais o caribe em Playa del Carmen.

Havíamos escutado tantas coisas boas sobre a cidade que criamos a expectativa de um pequeno paraíso! Uma cidade pequena o suficiente para irmos de um lado ao outro de bicicleta, com um mar de águas cristalinas a lá Isla Mujeres e muitas comidinhas típicas para nos despedirmos com chave de ouro do México.

De fato, conseguimos passear bastante a pé e não tivemos problemas com taxistas (não existe taxímetro, então o preço é acordado antes da corrida e apenas duas vezes tentaram nos cobrar mais que o devido).

Uma cidade que vive do Turismo

Porém, a cidade é nova e respira turismo. Em grande parte da orla, são hotéis e bares que ocupam quase toda a faixa de areia. Paralela à praia fica a 5ª Avenida, uma grande rua de pedestres com um bilhão de bares, restaurantes, boutiques, lojas de souvenires: tudo muito bonito, turístico e caro (pelo menos para o nosso orçamento). São poucos os restaurantes de mexicanos, a maioria oferece comida italiana ou outra cozinha internacional. Não deixa de ser um ambiente interessante, todas aquelas pessoas caminhando, felizes e curtindo a vida! Só é bem diferente do que o que a gente gosta, que é estar mais imerso na realidade dos locais.

playa del carmen

Em Playa não existe um Mercado Central, que é um dos nossos lugares preferidos para passear, nem um centro histórico, mas encontramos alguns restaurantes mais frequentados por locais na 10ª avenida. E, no domingo, havia umas barraquinhas com comidas típicas no Parque Leona Vicario, então nos despedimos das comidas típicas mexicanas! Primeiro comemos uma torta al pastor, que é basicamente um sanduiche de pão francês com uma carne típica criada por um turco, queijo, alface e tomate.

dsc_4930

De sobremesa, comemos uma marquesita, que é uma sobremesa deliciosa da região: uma espécie de crepe, porém com a massa crocante e enrolada em forma de cone. O recheio típico da marquesita é um queijo Edam e você pode ainda incluir Nutella para ficar um agridoce incrível!

LEIA TAMBÉM:   Quanto custa uma volta ao mundo (#4)

A grande questão que nos frustrou foi a praia em si. O mar simplesmente não é lindo como o de Cancún ou Isla Mujeres. Não sei se tem a ver com a época, mas caminhamos bastante pela orla e todas as praias vimos o mesmo problema: uma cor mais opaca, com muita areia e alga; só ao fundo víamos aquele azul maravilhoso!

Playa del Carmen

Talvez o problema tenha sido as expectativas que criamos, mas sentimos que Playa del Carmen é um ambiente melhor para quem mais baladas, curtir uma estrutura de hotel luxuoso,  ou usar como base para conhecer outros lugares da região (como Akumal, Cozumel ou as incríveis ruinas de Tulum). Mas considerando o nosso estilo de viagem, se pudéssemos voltar ao tempo provavelmente teríamos nos hospedados em Isla Mujeres e feito passeios a partir de lá.

E você, já conhece Playa del Carmen? Gostou?

Write A Comment